Home ÚLTIMOS BOLETINS BOLETIM FLORIPESCA NR. 1002, DE 07.07.2021

Pesquise no site


Designed by:
BOLETIM FLORIPESCA NR. 1002, DE 07.07.2021 Imprimir E-mail

PREVISAO DE TEMPO E DE MAR – Semana de tempo bom, com frio nas madrugadas e mais quente às tardinhas.

Vejam previsão em Previsão do tempo para os próximos 15 dias em Florianópolis - SC | Climatempo.

 

 

BARCELOS NO FINAL DE NOVEMBRO DE 2021 – Reza a lenda de que, após semestre de cheia naquela região, dará muito peixe.  Vamos lá conferir de perto e matar essa secura. Vejam Convite em  PESCARIA BARCELOS 2021 (floripesca.tur.br).

PESCARIA ARAGUAIA – Como foi! - Como previsto, pescar pela primeira vez naquela distância tem componentes como surpresa, aventura, canseira e alegria.

A surpresa foi descobrir que sua canoa estava no Mato Grosso num momento e em Tocantins noutro momento. O rio Araguaia é cheio de braços, que envolvem a metade da  Ilha do Bananal - maior ilha fluvial do mundo, com várias etnias indígenas, divididas em várias Comunidades. A outra metade da Ilha é banhada pelo rio Javaés, ao lado de Goiás. A propósito, foi surpresa saber que um dos Caciques foi o Piloteiro dos Coronéis Mota e Galdino.

Aventura foi sair do Porto Fio Velasco em direção à Pousada ASA BRANCA I, nas lanchas com seus 3 ou 4 Pescadores e seus artefatos, navegando durante 60 km, em aproximadamente 1:40 minutos. A volta seria tal qual.

Canseira foi percorrer o trajeto rodoviário do Aeroporto de Goiânia até a barranca do rio, em 23 horas, incluído um pernoite restaurador em São Miguel do Araguaia.

Alegria foi ter um grupo coeso, respeitoso, que buscava na pesca sua realização.

O rio Cristalino, muito próximo à Pousada, era um lugar onde os Botos davam algum sossego aos Pescadores, pois no rio Araguaia, eles não perdoavam as apetitosas iscas brancas, fresquinhas, fazendo com elas cabo-de-guerra e até arrastando a lancha.

Quando dava tempo, algum peixe de couro pegava e aí, era uma briga bem acirrada.

Assim, foram capturadas Pirararas e algumas Piraíbas (ou Filhotes).

No material mais leve, o Tucunaré foi o alvo principal, mas uma boa variedade de outras espécies deu as caras também.

A Pescadora Alessandra capturou o maior peixe, uma Pirarara de 1,50 mts, com aproximadamente 45 kg. Na verdade, a única dupla feminina de nosso grupo estava “demais”.

O clima é quente e seco. Essa monotonia foi quebrada no último meio-dia de nossa pescaria, com a chegada de um Vento Sul gelado.

A volta teria um citytour em Goiás Velho, primeira Capital de Goiás e fundada pelos Bandeirantes. Porém, “graças” à uma sacanagem da GOL - que cortou o vôo das 17:50 hs, tivemos que mudar o plano para chegar antes das 09:30 hs em Goiânia. A maciota de volta virou uma gincana, chegando ao Hotel de Goiás Velho perto das 23 hs, com frio de uns 09 graus. Dormimos pouco e rumamos cedinho para cumprir mais 2:30 hs de estrada, deixando para trás o sonho de conhecer aquele rico patrimônio histórico, como a casa da Poetisa Cora Coralina, Castelos, Museus e Igrejas Seculares. Doeu no coração de todos.

Estou cotando transfer aéreo para essa última “perna”, que nos matou no cansaço. E agendando para o mês de Maio, teoricamente com mais água e menos Boto. Vamos  ver se esse novo plano será viável. O lugar é espetacular, a Pousada é ótima e os rios têm muito peixe. 2022 nos aguarde!